quarta-feira, 29 de setembro de 2010

E foi tudo tão rápido. Ele se foi e ela ficou. Ficou como quem não queria mais nada com a vida, porque era ele quem importava, era ele a sua vida e o seu amor, que um dia jurara ser eterno. Mas não foi, não mais será. Ele se foi e ela simplesmente o esperou por 3 ou 4 dias, com a esperança ainda viva dentro de si. Mas não voltou. Não, ele não voltou. E não voltará mais. É preciso que ela pare com essa insistência boba em machucar a si mesma, em enganar os seus sentimentos e bagunçar seu coração. Essa insistência em fingir que tudo está bem, fingir-se forte quando na verdade está suja por dentro. Sim. Ele se foi, e ela ficou.

2 comentários:

Isabela disse...

E no final, nós acabamos por ficarmos sozinhas, na espera de que um dia ele se arrependa e volte para nós.
Lindo post ^^

Bells

Mila Sodré disse...

É quase sempre assim. Infelizmente. Ou felizmente né, já que isso sempre nos torna mais fortes. Muito lindo o post.

Postar um comentário